fbpx

FirstLab de AaZ

Qual swab usar nos testes do novo coronavírus?

O ano de 2020 iniciou-se com a not√≠cia do aparecimento de uma nova epidemia. No dia 30 de janeiro, a OMS declarou que o surto do novo coronav√≠rus (Covid-19) constitui uma Emerg√™ncia de Sa√ļde P√ļblica de Import√Ęncia Internacional (ESPII). Hoje, s√£o mais de 70 mil casos.

Os coronav√≠rus s√£o a segunda principal causa do resfriado comum (ap√≥s rinov√≠rus) e, at√© as √ļltimas d√©cadas, raramente causavam doen√ßas mais graves em humanos do que o resfriado comum.

O novo coronav√≠rus causa doen√ßa respirat√≥ria e pode ser potencialmente grave em alguns indiv√≠duos (aqueles com um sistema imunol√≥gico enfraquecido). Como os sintomas respirat√≥rios podem ser similares para uma gripe, resfriado ou, sob certas condi√ß√Ķes, infec√ß√£o pelo Covid-19, exames laboratoriais s√£o necess√°rios para um diagn√≥stico preciso para o descarte de qualquer suspeita.

Boas Pr√°ticas na Coleta de Amostras

Com base nas diretrizes do √≥rg√£o americano de sa√ļde CDC a coleta de amostras cl√≠nicas para investiga√ß√£o de novos casos do Covid-19, s√£o os swabs com fibras sint√©ticas e haste pl√°stica. Importante n√£o usar swab alginatado ou com haste de madeira, pois podem conter materiais que interferem nos resultados do teste.

Tipo de amostra e prioridade

As amostras devem ser coletadas o mais rápido possível, independentemente do momento do início dos sintomas. Recomenda-se amostras do trato respiratório superior (esfregaços nasofaríngeo e orofaríngeo) e do trato respiratório inferior (escarro) somente nos pacientes com tosse produtiva. A indução de escarro não é indicada.

Trato Respiratório Superior

Esfregaços nasofaríngeo e orofaríngeo

Use apenas swabs de fibra sint√©tica com haste de pl√°stico. Demais modelos, swab alginatado ou com haste de madeira, podem conter subst√Ęncias que inativam alguns v√≠rus e inibem o teste de PCR.

  • IMPORTANTE: Ap√≥s a coleta os swabs devem ser mantidos tubos est√©reis contendo 2-3 ml de meio de transporte viral. As amostras devem ser mantidas em frascos separados. Caso o uso n√£o seja imediato, refrigerar a 2-8 ¬į C.

Esfrega√ßo nasofar√≠ngeo: insira o swab na narina do paciente paralela ao palato. Deixe o cotonete no local por alguns segundos para absorver secre√ß√Ķes.

Esfregaço orofaríngeo (por exemplo, swab na garganta): limpe a faringe posterior, evitando a língua.

Trato Respiratório Inferior

Escarro

Pe√ßa ao paciente que lave a boca com √°gua e expectorar o escarro para tosse profunda diretamente em um coletor est√©ril, √† prova de vazamentos. Caso a amostra n√£o seja utilizada na hora, deve-se refrigerar de 2-8¬įC.

  • IMPORTANTE: As diretrizes no Brasil podem variar para cada laborat√≥rio. Consulte o protocolo laboratorial para coleta, acondicionamento e transporte de amostras biol√≥gicas para investiga√ß√£o do novo coronav√≠rus do seu laborat√≥rio parceiro.

Produtos FirstLab para coleta

Swabs Para coleta e transporte FirstLab

  • Modelos sem tubo para transporte: ponta com fibras de algod√£o, embalados individualmente e est√©reis por √≥xido de etileno, haste de pl√°stico
  • Modelos com tubo para transporte: fabricado em polipropileno, tampa com alta veda√ß√£o, lacre de seguran√ßa e haste pl√°stica anexada. Modelos sem meio de transporte ou com meio de transporte

Coletores estéreis radiação ionizante FirstLab

  • Produzidos em material resiliente, s√£o male√°veis, facilitando a transfer√™ncia da amostra para os tubos, minimizando o risco de rachaduras
  • S√£o graduados facilitando a identifica√ß√£o visual de forma r√°pida e precisa, dispon√≠veis nos volumes de 50mL e 80 mL
  • Os modelos est√©reis, s√£o submetidos √† radia√ß√£o ionizante

Referências: